Livro O fardo do homem branco - Maria odila da silva dias

1 Disponível em estoque

formato 14 x 21 cm . brochura. livro usado em ótimo estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas; páginas limpas...O presente volume é uma análise da obra do historiador e poeta inglês Robert Southey (1774-1843), A History of Brazil, publicada em Londres, em três volumes, entre 1810 e 1819. A autora estuda como os valores do conservadorismo inglês e do humanitarismo autoritário se combinaram para possibilitar esta primeira sistematização da História do Brasil. O trabalho acompanha tanto a trajetória de Southey e sua técnica historiográfica como a época em que viveu e atuou, a extinção do tráfico e da escravidão na Inglaterra, a política portuguesa e as perspectivas de emancipação do Brasil. A expressão “o fardo do homem branco”, celebrizada pelo escritor e defensor do colonialismo britânico, Rudyard Kipling (1865-1936), marcou o império do livre-comércio e esteve presente na formação do Estado brasileiro. . e2 g6 piso5

ISBN: 11974298


Código de Barras: 29819741


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor: Maria odila da silva dias


Título: O fardo do homem branco


Editora: Companhia Editora Nacional


Ano: 1974


Assunto: Historia do brasil


Páginas: 298


Peso: 490 gramas


Conservação: Produto Usado



Descrição

formato 14 x 21 cm . brochura. livro usado em ótimo estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas; páginas limpas...O presente volume é uma análise da obra do historiador e poeta inglês Robert Southey (1774-1843), A History of Brazil, publicada em Londres, em três volumes, entre 1810 e 1819. A autora estuda como os valores do conservadorismo inglês e do humanitarismo autoritário se combinaram para possibilitar esta primeira sistematização da História do Brasil. O trabalho acompanha tanto a trajetória de Southey e sua técnica historiográfica como a época em que viveu e atuou, a extinção do tráfico e da escravidão na Inglaterra, a política portuguesa e as perspectivas de emancipação do Brasil. A expressão “o fardo do homem branco”, celebrizada pelo escritor e defensor do colonialismo britânico, Rudyard Kipling (1865-1936), marcou o império do livre-comércio e esteve presente na formação do Estado brasileiro. . e2 g6 piso5