Livro O Processo do Capitão Dreyfus - Rui Barbosa

1 Disponível em estoque

formato 14 x 18 cm . brochura. livro usado em bom estado de conservação com marcas à caneta azul e com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas... Apresentação de Alberto Dines com Escorço histórico-crítico de José Alexandre Tavares Guerreiro. O caso Dreyfus tem sido apontado como gerador de uma série de fenômenos tidos como simultâneos mas na realidade apenas contemporâneos: o surgimento da direita ideológica e clerical, do anti-semitismo como degrau do totalitarismo, do sionismo político, do jornalismo das cruzadas, dos modernos movimentos de massa, etc. J’accuse!, em português “Eu acuso”, é o título da carta aberta (artigo) publicado em 13 de janeiro de 1898 no jornal L’Aurore, escrita pelo romancista e ativista político francês Émile Zola (1840–1902) e dirigida ao então presidente Félix Faure. Trata-se de uma contundente e implacável “denúncia” contra os oficiais que ocultaram a verdade no caótico caso em que o oficial francês de origem judaica Alfred Dreyfus, foi acusado injustamente de traição e espionagem. O Caso Dreyfus, é sem dúvida um dos maiores e mais polêmicos casos de erro judiciário da história. Em razão da carta aberta, Zola acabou sendo processado e condenado por difamação.

ISBN: 19941158


Código de Barras: 15811994


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor:Rui Barbosa


Título: O Processo do Capitão Dreyfus


Editora:Giordano


Edição: 1ª Edição


Ano: 1994


Assunto:História


Páginas: 158


Peso: 900 gramas


Conservação: Produto Usado



Descrição

formato 14 x 18 cm . brochura. livro usado em bom estado de conservação com marcas à caneta azul e com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas... Apresentação de Alberto Dines com Escorço histórico-crítico de José Alexandre Tavares Guerreiro. O caso Dreyfus tem sido apontado como gerador de uma série de fenômenos tidos como simultâneos mas na realidade apenas contemporâneos: o surgimento da direita ideológica e clerical, do anti-semitismo como degrau do totalitarismo, do sionismo político, do jornalismo das cruzadas, dos modernos movimentos de massa, etc. J’accuse!, em português “Eu acuso”, é o título da carta aberta (artigo) publicado em 13 de janeiro de 1898 no jornal L’Aurore, escrita pelo romancista e ativista político francês Émile Zola (1840–1902) e dirigida ao então presidente Félix Faure. Trata-se de uma contundente e implacável “denúncia” contra os oficiais que ocultaram a verdade no caótico caso em que o oficial francês de origem judaica Alfred Dreyfus, foi acusado injustamente de traição e espionagem. O Caso Dreyfus, é sem dúvida um dos maiores e mais polêmicos casos de erro judiciário da história. Em razão da carta aberta, Zola acabou sendo processado e condenado por difamação.

R$ 37,00

A Garantia Megaleitores é certeza de que você receberá sua encomenda ou seu dinheiro de volta!

SP - Sao Paulo