Livro I Ching - O Livro das Mutações - Richard Wilhelm

1 Disponível em estoque

formato 16 x 23 cm . brochura. livro usado em bom estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas... Esta obra é a versão mais abalizada deste clássico da sabedoria oriental, a partir da versão do original chinês para o alemão realizada e comentada pelo sinólogo alemão Richard Wilhem, incluindo o prefácio da edição inglesa de C.G. Jung. Tendo como mestre e mentor o venerável sábio Lao Hai Hauan, que lhe possibilitou o acesso direto aos textos escritos em chinês arcaico, Richard Wilhem pôde captar o significado vivo do texto original, outorgando à sua versão uma profundidade de perspectiva que nunca poderia provir de um conhecimento puramente acadêmico da filosofia chinesa. Utilizado como oráculo desde a mais remota antiguidade, o I Ching, considerado o mais antigo livro chinês, é também o mais moderno, pela notável influência que vem exercendo na ciência, na psicologia e na literatura do Ocidente, devido não só ao fato de sua filosofia coincidir, de maneira assombrosa, com as concepções mais atuais do mundo, como também por sua função como instrumento na exploração do inconsciente individual e coletivo. C.G. Jung, o grande psicólogo e psiquiatra suíço, é autor do prefácio.

ISBN: 199721527


Código de Barras: 527211997


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor: Richard Wilhelm


Título: I Ching - O Livro das Mutações


Editora: Pensamento


Edição: 21ª Edição


Ano: 1997


Assunto: Esoterismo


Páginas: 527


Peso: 900 gramas


Conservação: Produto Usado



Descrição

formato 16 x 23 cm . brochura. livro usado em bom estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas... Esta obra é a versão mais abalizada deste clássico da sabedoria oriental, a partir da versão do original chinês para o alemão realizada e comentada pelo sinólogo alemão Richard Wilhem, incluindo o prefácio da edição inglesa de C.G. Jung. Tendo como mestre e mentor o venerável sábio Lao Hai Hauan, que lhe possibilitou o acesso direto aos textos escritos em chinês arcaico, Richard Wilhem pôde captar o significado vivo do texto original, outorgando à sua versão uma profundidade de perspectiva que nunca poderia provir de um conhecimento puramente acadêmico da filosofia chinesa. Utilizado como oráculo desde a mais remota antiguidade, o I Ching, considerado o mais antigo livro chinês, é também o mais moderno, pela notável influência que vem exercendo na ciência, na psicologia e na literatura do Ocidente, devido não só ao fato de sua filosofia coincidir, de maneira assombrosa, com as concepções mais atuais do mundo, como também por sua função como instrumento na exploração do inconsciente individual e coletivo. C.G. Jung, o grande psicólogo e psiquiatra suíço, é autor do prefácio.