Livro Sobre a Coerência do Mundo - Eduardo Luft

1 Disponível em estoque

formato 14 x 21 cm . brochura. livro usado em bom estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas... Em \'Sobre a coerência do mundo\', Eduardo Luft mostra que pensar e transgredir não são atributos apenas de sua mãe, a escritora Lya Luft. Eduardo mergulha fundo em questionamentos filosóficos, juntando poesia e conversas ao pé do ouvido para elaborar sua idéia de mundo. Aqui, Eduardo percorre as idéias de vários pensadores demonstrando que o objetivo da filosofia é compreender o mundo, o ser, a subjetividade. Conceitos sempre em redefinição. O livro trata das perspectivas, do modo como cada olhar forma para si uma visão própria do mundo, com seus contornos simbólicos e sua carga emotiva. Eduardo instiga o leitor a buscar uma integridade, uma determinação no estado de coisas que o faça se localizar melhor no mundo. A obra mostra o universo permeado por uma inteligência criadora, um modo de organização universalíssimo inerente ao ser e ao pensamento, ou seja, o Princípio da Coerência. O texto é enriquecido de exemplos práticos da vida cotidiana na tentativa de aproximar o leitor do pensamento filosófico e de responder-lhe as perguntas; Podemos conhecer o mundo em si mesmo? O mundo é inteligível?

ISBN: 8520006949


Código de Barras: 9788520006948


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor:Eduardo Luft


Título: Sobre a Coerência do Mundo


Editora:Civilização Brasileira


Edição: 1ª Edição


Ano: 2005


Assunto:Filosofia


Páginas: 158


Peso: 900 gramas


Conservação: Produto Usado



Descrição

formato 14 x 21 cm . brochura. livro usado em bom estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas... Em 'Sobre a coerência do mundo', Eduardo Luft mostra que pensar e transgredir não são atributos apenas de sua mãe, a escritora Lya Luft. Eduardo mergulha fundo em questionamentos filosóficos, juntando poesia e conversas ao pé do ouvido para elaborar sua idéia de mundo. Aqui, Eduardo percorre as idéias de vários pensadores demonstrando que o objetivo da filosofia é compreender o mundo, o ser, a subjetividade. Conceitos sempre em redefinição. O livro trata das perspectivas, do modo como cada olhar forma para si uma visão própria do mundo, com seus contornos simbólicos e sua carga emotiva. Eduardo instiga o leitor a buscar uma integridade, uma determinação no estado de coisas que o faça se localizar melhor no mundo. A obra mostra o universo permeado por uma inteligência criadora, um modo de organização universalíssimo inerente ao ser e ao pensamento, ou seja, o Princípio da Coerência. O texto é enriquecido de exemplos práticos da vida cotidiana na tentativa de aproximar o leitor do pensamento filosófico e de responder-lhe as perguntas; Podemos conhecer o mundo em si mesmo? O mundo é inteligível?