Livro Cartas a um jovem poeta - A canção de amor e de morte do porta-estante Cristóvão Rilke - Rainer Maria Rilke

1 Disponível em estoque

formato 14 x 21 cm . brochura. livro usado em bom estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas... Escritas entre 1903 e 1908 sem outra intenção senão a de mostrar a um aprendiz de poesia - o jovem poeta Franz Xaver Kappus (1883-1966) - os caminhos do mundo interior do escritor, as Cartas a um jovem poeta são hoje uma das obras mais conhecidas de Rainer Maria Rilke, quer pela intensidade da vivência que o autor transmite ao jovem e ao leitor, quer pela sinceridade e simplicidade com que o mestre se dirige ao desconhecido que o procurara com um grito de socorro. \"Ninguém o pode aconselhar ou ajudar - ninguém\", responde-lhe Rilke, na tradução de Paulo Rónai. \"Não há senão um caminho. Procure entrar em sim mesmo. Investigue o motivo que o manda escrever; examine se estende suas raízes pelos recantos mais profundos de sua alma; confesse a si mesmo; morreria se lhe fosse vedado escrever? Isto acima de tudo; pergunte a si mesmo na hora mais tranquila de sua noite; \'Sou forçado a escrever?\' Escave dentro de si uma resposta profunda. Se for afirmativa, se puder contestar aquela pergunta severa por um forte e simples \'sou\', então construa sua vida de acordo com esta necessidade. TRADUÇÃO DE PAULO RÓNAI E CECÍLIA MEIRELES

ISBN: 8525033731


Código de Barras: 9788525033734


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor: Rainer Maria Rilke


Título: Cartas a um jovem poeta - A canção de amor e de morte do porta-estante Cristóvão Rilke


Editora: Globo


Edição: 2ª Edição


Ano: 2001


Assunto: Literatura Estrangeira


Páginas: 111


Peso: 900 gramas


Conservação: Produto Usado



Descrição

formato 14 x 21 cm . brochura. livro usado em bom estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas... Escritas entre 1903 e 1908 sem outra intenção senão a de mostrar a um aprendiz de poesia - o jovem poeta Franz Xaver Kappus (1883-1966) - os caminhos do mundo interior do escritor, as Cartas a um jovem poeta são hoje uma das obras mais conhecidas de Rainer Maria Rilke, quer pela intensidade da vivência que o autor transmite ao jovem e ao leitor, quer pela sinceridade e simplicidade com que o mestre se dirige ao desconhecido que o procurara com um grito de socorro. "Ninguém o pode aconselhar ou ajudar - ninguém", responde-lhe Rilke, na tradução de Paulo Rónai. "Não há senão um caminho. Procure entrar em sim mesmo. Investigue o motivo que o manda escrever; examine se estende suas raízes pelos recantos mais profundos de sua alma; confesse a si mesmo; morreria se lhe fosse vedado escrever? Isto acima de tudo; pergunte a si mesmo na hora mais tranquila de sua noite; 'Sou forçado a escrever?' Escave dentro de si uma resposta profunda. Se for afirmativa, se puder contestar aquela pergunta severa por um forte e simples 'sou', então construa sua vida de acordo com esta necessidade. TRADUÇÃO DE PAULO RÓNAI E CECÍLIA MEIRELES

R$ 28,00
Selo de garantia Megaleitores

A Garantia Megaleitores é certeza de que você receberá sua encomenda ou seu dinheiro de volta!

SP - Sao Paulo

100%

Positivas