Livro A serpente de pedra - Jason goodwin

2 Disponível em estoque

formato 16 x 23 cm . brochura. livro em ótimo estado com páginas limpas sem sinais de manuseio... O ano é 1838, e o sultão está à beira da morte, bem como a própria dinastia otomana. Mortes também vêm ocorrendo nas apertadas e escuras ruas da capital, Istambul. Max Lefèvre, um arqueólogo francês de reputação duvidosa, chega à cidade empenhado na busca de um tesouro bizantino. As pistas de que dispõe são quentes, mas homens perigosos sabem de sua empreitada. Temendo psua vida, Lefèvre recorre à ajuda do eunuco Yashim, que, sob a fachada de mero servente do palácio do sultão, é um detetive sagaz e diligente. Relutante, Yashim aceita ajudá-lo a escapar da cidade - e logo percebe que teria feito melhem não se envolver. Quando o corpo esquartejado de Lefèvre aparece próximo aos portões da embaixada da França, o detetive, último homem a estar com a vítima antes do crime, se torna o principal suspeito. Na tentativa de limpar seu nome, ele vai conhecer a organização secreta Hetira, que comanda uma rebelião silenciosa contra a autoridade otomana. Em \'A Serpente de Pedra\', Yashim travará uma batalha para desfazer o mal-entendido, envolto no turbilhão criado com a possibilidade de reviver o Império Bizantino... piso 5

ISBN: 8560280456


Código de Barras: 9788560280452


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor:Jason goodwin


Título: A serpente de pedra


Editora:Suma de letras


Ano: 2009


Assunto:Literatura Estrangeira


Páginas: 296


Peso: 700 gramas


Conservação: Produto Usado



Descrição

formato 16 x 23 cm . brochura. livro em ótimo estado com páginas limpas sem sinais de manuseio... O ano é 1838, e o sultão está à beira da morte, bem como a própria dinastia otomana. Mortes também vêm ocorrendo nas apertadas e escuras ruas da capital, Istambul. Max Lefèvre, um arqueólogo francês de reputação duvidosa, chega à cidade empenhado na busca de um tesouro bizantino. As pistas de que dispõe são quentes, mas homens perigosos sabem de sua empreitada. Temendo psua vida, Lefèvre recorre à ajuda do eunuco Yashim, que, sob a fachada de mero servente do palácio do sultão, é um detetive sagaz e diligente. Relutante, Yashim aceita ajudá-lo a escapar da cidade - e logo percebe que teria feito melhem não se envolver. Quando o corpo esquartejado de Lefèvre aparece próximo aos portões da embaixada da França, o detetive, último homem a estar com a vítima antes do crime, se torna o principal suspeito. Na tentativa de limpar seu nome, ele vai conhecer a organização secreta Hetira, que comanda uma rebelião silenciosa contra a autoridade otomana. Em 'A Serpente de Pedra', Yashim travará uma batalha para desfazer o mal-entendido, envolto no turbilhão criado com a possibilidade de reviver o Império Bizantino... piso 5