Livro Entre cartas e recortes, a psicanálise no cotidiano - Ana maria portugal e outros (orgs.)

Entre cartas e recortes, a psicanálise no cotidiano
Entre cartas e recortes, a psicanálise no cotidiano

formato 16 x 23 cm . brochura. livro usado em ótimo estado de conservação; páginas limpas; miolo firme;.. No princípio eram as cartas. Por meio delas, Freud foi escrevendo as bases de sua teoria. Hoje, nestes tempos de internet, que função teriam as cartas trocadas por e-mail? Ainda hoje, será que se prestariam à elaboração das questões que afligem os analistas no seu dia-a-dia? O mal-estar produzindo escrita fabrica o próprio antídoto contra este mal-estar. Escrever, talvez, seja também um remédio contra a angústia da transitoriedade. Se o tempo tudo destrói, em algum lugar, fixadas as letras, pode ser que restem as cartas. O que este livro pretende mostrar é que as cartas continuam sendo um meio de trocas e de interlocuções extremamente prazerosas e eficientes. No zig-zag dessas cartas, questões sobre a contemporaneidade, a psicanálise e a vida são abordadas de forma leve e descontraída, convidando o leitor a entrar na roda e pensar sobre este tempo de fast-food, pelo qual corremos o risco de nos fazer engolir. e3g2p4 +3n

ISBN: 8575262319


Código de Barras: 9788575262313


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor: Ana maria portugal e outros (orgs.)


Título: Entre cartas e recortes, a psicanálise no cotidiano


Editora: Autentica


Ano: 2006


Assunto: Psicologia


Páginas: 149


Peso: 450 gramas


Conservação: Produto Usado



Descrição

formato 16 x 23 cm . brochura. livro usado em ótimo estado de conservação; páginas limpas; miolo firme;.. No princípio eram as cartas. Por meio delas, Freud foi escrevendo as bases de sua teoria. Hoje, nestes tempos de internet, que função teriam as cartas trocadas por e-mail? Ainda hoje, será que se prestariam à elaboração das questões que afligem os analistas no seu dia-a-dia? O mal-estar produzindo escrita fabrica o próprio antídoto contra este mal-estar. Escrever, talvez, seja também um remédio contra a angústia da transitoriedade. Se o tempo tudo destrói, em algum lugar, fixadas as letras, pode ser que restem as cartas. O que este livro pretende mostrar é que as cartas continuam sendo um meio de trocas e de interlocuções extremamente prazerosas e eficientes. No zig-zag dessas cartas, questões sobre a contemporaneidade, a psicanálise e a vida são abordadas de forma leve e descontraída, convidando o leitor a entrar na roda e pensar sobre este tempo de fast-food, pelo qual corremos o risco de nos fazer engolir. e3g2p4 +3n

Frete Grátis

Milhares Títulos com Entrega Gratuita Para Todo o Brasil.

Pagamento Seguro

Processados por Wirecard, Paypal Adotam Os Mais Rigorosos Padrões de Segurança.

Especializado

10 Anos de Atuação como Livraria e Sebo Oferecendo o Melhor a seus clientes.

footer js: /home/mega/public_html/application/views/default/books/js.phtml