Livro Mil dias em veneza - Marlena de blasi

2 Disponível em estoque

formato 21 x 14 cm . brochura. livro usado em bom estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas... Este livro traz uma história de amor verídica - o amor entre uma mulher e um homem, o amor pela comida e o amor por uma cidade. Por muito tempo, Marlena de Blasi resistiu a ir a Veneza. Até que, em 1989, seu trabalho como chef e crítica gastronômica tornou impossível continuar adiando a viagem. Seu encantamento foi tão grande que decidiu voltar todos os anos. Desde aquela primeira visita, Marlena tinha a sensação de que estava indo a um encontro. Em 1993, o encontro finalmente aconteceu. Ela almoçava com amigos quando um garçom se aproximou e lhe disse que havia uma ligação para ela. Do outro lado da linha estava Fernando, um veneziano que, um ano antes, vira Marlena passeando pela Piazza San Marco e se apaixonara à primeira vista. Alguns meses depois, Marlena largava toda a sua vida nos Estados Unidos e se mudava para Veneza, para se casar com o \'estranho\', como costumava chamar Fernando. Ele não falava quase nada de inglês. O italiano dela se resumia a algumas palavras relacionadas a comida. Ele abrira mão de seus sonhos e levava uma vida considerada monótona e previsível. Ela era mestre em recomeçar e se reinventar... E4 G2 Piso 5

ISBN: 8575425609


Código de Barras: 9788575425602


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor:Marlena de blasi


Título: Mil dias em veneza


Editora:Sextante


Ano: 2010


Assunto:Biografias


Páginas: 240


Peso: 500 gramas


Conservação: Produto Usado



Descrição

formato 21 x 14 cm . brochura. livro usado em bom estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas... Este livro traz uma história de amor verídica - o amor entre uma mulher e um homem, o amor pela comida e o amor por uma cidade. Por muito tempo, Marlena de Blasi resistiu a ir a Veneza. Até que, em 1989, seu trabalho como chef e crítica gastronômica tornou impossível continuar adiando a viagem. Seu encantamento foi tão grande que decidiu voltar todos os anos. Desde aquela primeira visita, Marlena tinha a sensação de que estava indo a um encontro. Em 1993, o encontro finalmente aconteceu. Ela almoçava com amigos quando um garçom se aproximou e lhe disse que havia uma ligação para ela. Do outro lado da linha estava Fernando, um veneziano que, um ano antes, vira Marlena passeando pela Piazza San Marco e se apaixonara à primeira vista. Alguns meses depois, Marlena largava toda a sua vida nos Estados Unidos e se mudava para Veneza, para se casar com o 'estranho', como costumava chamar Fernando. Ele não falava quase nada de inglês. O italiano dela se resumia a algumas palavras relacionadas a comida. Ele abrira mão de seus sonhos e levava uma vida considerada monótona e previsível. Ela era mestre em recomeçar e se reinventar... E4 G2 Piso 5