Livro A arte da atenção - Jean-Yves Leloup

2 Disponível em estoque

formato 14 x 21 cm . brochura. livro usado em ótimo estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo; páginas limpas...A quem deseja viver com atenção será dada, além de suas mil e uma razões de rir, de suas mil e uma razões para chorar, a emoção pura e permanente de existir, defende Leloup nesse livro. Para ele, é a atenção que arranca do inferno que é a ausência de compaixão. Conferencista Europeu, doutem Psicologia e Teologia e um dos autores do movimento holístico, Leloup mostra nesta obra os caminhos a serem trilhados para se ter uma existência plena. Ele toca em questões existenciais, discute a espiritualidade, fala das religiões, da importância dos rituais e das múltiplas presenças de Deus, de forma aberta e livre de preconceitos de qualquer ordem. Para isso, faz uso de pensamentos e máximas de conceituados espiritualistas, psicólogos, cientistas e poetas como Arthur Rimbaud, São Tomás de Aquino, Johannes Eckhart, Blaise Pascal, Nicoles de Malebranche, Marguerite Duras, Carlos Casteñeda, Émile Zola, Stéphane Mallarmé e Friederich Nietzche, o que torna o conteúdo de sua obra rico e indicado a todos que querem reencontrar o sentido e a beleza da vida... e1 g6 piso5

ISBN: 8587795236


Código de Barras: 9788587795236


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor:Jean-Yves Leloup


Título: A arte da atenção


Editora:Verus


Ano: 2002


Assunto:Religião


Páginas: 156


Peso: 400 gramas


Conservação: Produto Usado



Descrição

formato 14 x 21 cm . brochura. livro usado em ótimo estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo; páginas limpas...A quem deseja viver com atenção será dada, além de suas mil e uma razões de rir, de suas mil e uma razões para chorar, a emoção pura e permanente de existir, defende Leloup nesse livro. Para ele, é a atenção que arranca do inferno que é a ausência de compaixão. Conferencista Europeu, doutem Psicologia e Teologia e um dos autores do movimento holístico, Leloup mostra nesta obra os caminhos a serem trilhados para se ter uma existência plena. Ele toca em questões existenciais, discute a espiritualidade, fala das religiões, da importância dos rituais e das múltiplas presenças de Deus, de forma aberta e livre de preconceitos de qualquer ordem. Para isso, faz uso de pensamentos e máximas de conceituados espiritualistas, psicólogos, cientistas e poetas como Arthur Rimbaud, São Tomás de Aquino, Johannes Eckhart, Blaise Pascal, Nicoles de Malebranche, Marguerite Duras, Carlos Casteñeda, Émile Zola, Stéphane Mallarmé e Friederich Nietzche, o que torna o conteúdo de sua obra rico e indicado a todos que querem reencontrar o sentido e a beleza da vida... e1 g6 piso5