Livro Invisibilidade Vigilante - Steven Butterman

Invisibilidade Vigilante

Primeiro lugar do ranking mundial de assassinatos de homossexuais, concentrando 44% do total de mortes no mundo, o Brasil é, ao mesmo tempo, o país onde acontece a maior Parada do Orgulho LGBT do mundo. É nesse contexto contraditório que o diretor do Programa de Estudos de Gênero e Sexualidade na Universidade de Miami, Steve Butterman, analisa o fenômeno do evento de afirmação em defesa da diversidade sexual no país, como este é transmitido pela mídia, sua relação com o povo, e contradições, tanto da mídia quanto da organização da Parada. Conduzindo o estudo a partir de uma análise da Parada LGBT entre 1997 e 2011, o professor usa o exemplo de reportagens, desconstruindo as frases e apontando as intencionalidades e os direcionamentos do discurso que tentavam descaracterizar o evento, especialmente nos anos iniciais. Contrário a essa primeira recepção hostil, o movimento cresceu exponencialmente nos anos seguintes, paralelo ao aumento dos casos de violência contra a população LGBT. A oposição desses dois fatos leva Butterman a questionar os resultados do evento, já que, apesar do notável crescimento de público e aceitação ao longo dos anos mesmo em um país machista e conservador, a Parada não tem sido bem sucedida em pautar mudanças sociais que favoreçam a minoria que representa.

ISBN: 9788564013568


Código de Barras: 9788564013568


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor: Steven Butterman


Título: Invisibilidade Vigilante


Editora: Nversos


Edição: 1ª Edição


Ano: 2012


Assunto: Sociologia


Páginas: 224


Peso: 445 gramas


Conservação: Produto Novo



Descrição

Primeiro lugar do ranking mundial de assassinatos de homossexuais, concentrando 44% do total de mortes no mundo, o Brasil é, ao mesmo tempo, o país onde acontece a maior Parada do Orgulho LGBT do mundo. É nesse contexto contraditório que o diretor do Programa de Estudos de Gênero e Sexualidade na Universidade de Miami, Steve Butterman, analisa o fenômeno do evento de afirmação em defesa da diversidade sexual no país, como este é transmitido pela mídia, sua relação com o povo, e contradições, tanto da mídia quanto da organização da Parada. Conduzindo o estudo a partir de uma análise da Parada LGBT entre 1997 e 2011, o professor usa o exemplo de reportagens, desconstruindo as frases e apontando as intencionalidades e os direcionamentos do discurso que tentavam descaracterizar o evento, especialmente nos anos iniciais. Contrário a essa primeira recepção hostil, o movimento cresceu exponencialmente nos anos seguintes, paralelo ao aumento dos casos de violência contra a população LGBT. A oposição desses dois fatos leva Butterman a questionar os resultados do evento, já que, apesar do notável crescimento de público e aceitação ao longo dos anos mesmo em um país machista e conservador, a Parada não tem sido bem sucedida em pautar mudanças sociais que favoreçam a minoria que representa.

Frete Grátis

Milhares Títulos com Entrega Gratuita Para Todo o Brasil.

Pagamento Seguro

Processados por Wirecard, Paypal Adotam Os Mais Rigorosos Padrões de Segurança.

Especializado

10 Anos de Atuação como Livraria e Sebo Oferecendo o Melhor a seus clientes.