Livro Os Demônios - Fiódor Dostoiévski

5 Disponível em estoque

formato 16 x 23 cm . brochura. livro usado em bom estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas... Tradução de Paulo Bezerra Ilustrações de Claudio Mubarac Motivado por um episódio verídico - o assassinato do estudante I. I. Ivanov pelo grupo niilista liderado por S. G. Nietcháiev em 1869 -, os demônios, escrito no ano seguinte, é a única obra de Dostoiévski concebida com fins assumidamente panfletários. Entretanto, ao recriar ficcionalmente aquele evento, o escritor acabou compondo uma obra-prima à altura de Crime e castigo e Os irmãos Karamázov, que é também um estudo em profundidade do pensamento político, social, filosófico e religioso de seu tempo. Com incrível lucidez e rara compreensão da história, este romance - pela primeira vez traduzido a partir do original russo - chega a ser profético. Nele o leitor poderá vislumbrar, no drama intelectual de Kiríllov, a antecipação do Zaratustra de Nietzsche, e, nas ideias de Chigalióv e Piotr Stiepánovitch, os cruéis fanatismos de Hitler e Stálin. Numa época em que a violência, a ignorância, o terrorismo e a impostura ideológica - verdadeiros demônios que assolaram o século XX - continuam vivos sob novos disfarces, este é um livro de impressionante atualidade.

ISBN: 9788573263053


Código de Barras: 9788573263053


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor:Fiódor Dostoiévski


Título: Os Demônios


Editora:34


Edição: 1ª Edição


Ano: 2004


Assunto:Literatura Estrangeira


Páginas: 704


Peso: 900 gramas


Conservação: Produto Usado



Descrição

formato 16 x 23 cm . brochura. livro usado em bom estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas... Tradução de Paulo Bezerra Ilustrações de Claudio Mubarac Motivado por um episódio verídico - o assassinato do estudante I. I. Ivanov pelo grupo niilista liderado por S. G. Nietcháiev em 1869 -, os demônios, escrito no ano seguinte, é a única obra de Dostoiévski concebida com fins assumidamente panfletários. Entretanto, ao recriar ficcionalmente aquele evento, o escritor acabou compondo uma obra-prima à altura de Crime e castigo e Os irmãos Karamázov, que é também um estudo em profundidade do pensamento político, social, filosófico e religioso de seu tempo. Com incrível lucidez e rara compreensão da história, este romance - pela primeira vez traduzido a partir do original russo - chega a ser profético. Nele o leitor poderá vislumbrar, no drama intelectual de Kiríllov, a antecipação do Zaratustra de Nietzsche, e, nas ideias de Chigalióv e Piotr Stiepánovitch, os cruéis fanatismos de Hitler e Stálin. Numa época em que a violência, a ignorância, o terrorismo e a impostura ideológica - verdadeiros demônios que assolaram o século XX - continuam vivos sob novos disfarces, este é um livro de impressionante atualidade.