Livro A FLORESTA E O ESTRANGEIRO - Alberto martins

A FLORESTA E O ESTRANGEIRO
A FLORESTA E O ESTRANGEIRO

formato 20 x 26 cm . brochura. Alberto Martins, poeta e artista plástico, reuniu neste livro desenhos e guaches de um grande pintor: Lasar Segall. Nascido em 1885, na Rússia, em 1923 Segall radicou-se em São Paulo, onde morreu em 1957. Quando se transferiu para cá, deu a seus quadros cores mais fortes, "para captar a luz dos trópicos e fixar os novos tipos humanos na paisagem"; depois de conhecer a região de Campos do Jordão, incorporou à sua obra "as curvas das montanhas e as retas das araucárias".Brincando com as palavras e olhando as imagens de Segall - florestas, flores, bichos e figuras humanas que esta edição reproduz com todo o seu colorido -, Alberto Martins nos conta como se sente um estrangeiro numa terra que não é a sua: "Como dizer/ Bom-dia, boa-noite,/ Até-logo, obrigado,/ Se em cada lugar/ As palavras mudam de significado?". Lasar Segall passou a usar em seus quadros cores que eles ainda não tinham na Rússia. De certa forma, foi uma maneira de dizer que sua nova terra já não era estranha.Título Altamente Recomendável pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil - FNLIJ 2000, categoria poesia Ilustrador: Lasar Segall

ISBN: 9788574060590


Código de Barras: 9788574060590


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor: Alberto martins


Título: A FLORESTA E O ESTRANGEIRO


Editora: Companhia das Letrinhas


Ano: 2000


Assunto: Infantojuvenil


Páginas: 48


Peso: 900 gramas


Conservação: Produto Usado



Descrição

formato 20 x 26 cm . brochura. Alberto Martins, poeta e artista plástico, reuniu neste livro desenhos e guaches de um grande pintor: Lasar Segall. Nascido em 1885, na Rússia, em 1923 Segall radicou-se em São Paulo, onde morreu em 1957. Quando se transferiu para cá, deu a seus quadros cores mais fortes, "para captar a luz dos trópicos e fixar os novos tipos humanos na paisagem"; depois de conhecer a região de Campos do Jordão, incorporou à sua obra "as curvas das montanhas e as retas das araucárias".Brincando com as palavras e olhando as imagens de Segall - florestas, flores, bichos e figuras humanas que esta edição reproduz com todo o seu colorido -, Alberto Martins nos conta como se sente um estrangeiro numa terra que não é a sua: "Como dizer/ Bom-dia, boa-noite,/ Até-logo, obrigado,/ Se em cada lugar/ As palavras mudam de significado?". Lasar Segall passou a usar em seus quadros cores que eles ainda não tinham na Rússia. De certa forma, foi uma maneira de dizer que sua nova terra já não era estranha.Título Altamente Recomendável pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil - FNLIJ 2000, categoria poesia Ilustrador: Lasar Segall

Frete Grátis

Milhares Títulos com Entrega Gratuita Para Todo o Brasil.

Pagamento Seguro

Processados por Wirecard, Paypal Adotam Os Mais Rigorosos Padrões de Segurança.

Especializado

10 Anos de Atuação como Livraria e Sebo Oferecendo o Melhor a seus clientes.

footer js: /home/mega/public_html/application/views/default/books/js.phtml