Livro FOTOGRAFANDO VERGER - Angela Luhning

FOTOGRAFANDO VERGER

formato 20, 70 x 20, 70 cm . brochura. Pierre Verger nasceu em Paris, em 1902, em uma família com boa situação social e econômica. A vida confortável e os costumes da sociedade europeia de seu tempo, contudo, não lhe satisfaziam. Aos trinta anos, aprendeu a fotografar com um de seus amigos artistas, e fez desse o seu principal ofício. Por meio da fotografia, despediu-se de forma definitiva do mundo que lhe era familiar, e partiu em busca de novas experiências, viajando por quase todo o planeta. Nessas viagens, Verger procurava captar a identidade de cada lugar visitado, registrando em suas fotos sobretudo pessoas, em situações cotidianas e da maneira mais espontânea: em seus afazeres domésticos, no trabalho, nas horas de lazer. Na década de 1940, Pierre chegou a Salvador, cidade que desejava conhecer desde que lera Jubiabá, de Jorge Amado, ainda na França. E foi na capital baiana que ele se estabeleceu até o fim de sua vida, dedicando-se às imagens e aos estudos da cultura africana. Em 1988, na casa onde morava, criou uma fundação destinada a preservar e divulgar sua obra, bem como destacar a importância das culturas africanas e afro-brasileiras. Escrito por Angela Lühning, pesquisadora que conviveu com o fotógrafo e hoje trabalha na Fundação Pierre Verger, este livro é uma oportunidade para que as crianças conheçam a obra de um estrangeiro que se apaixonou pelo Brasil, e que, com suas imagens e textos, nos fez ver um pouco mais o nosso país. Ilustrador: Maria Eugênia

ISBN: 9788574065007


Código de Barras: 9788574065007


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor: Angela Luhning


Título: FOTOGRAFANDO VERGER


Editora: Companhia das Letrinhas


Ano: 2011


Assunto: Infantojuvenil


Páginas: 60


Peso: 900 gramas


Conservação: Produto Usado



Descrição

formato 20, 70 x 20, 70 cm . brochura. Pierre Verger nasceu em Paris, em 1902, em uma família com boa situação social e econômica. A vida confortável e os costumes da sociedade europeia de seu tempo, contudo, não lhe satisfaziam. Aos trinta anos, aprendeu a fotografar com um de seus amigos artistas, e fez desse o seu principal ofício. Por meio da fotografia, despediu-se de forma definitiva do mundo que lhe era familiar, e partiu em busca de novas experiências, viajando por quase todo o planeta. Nessas viagens, Verger procurava captar a identidade de cada lugar visitado, registrando em suas fotos sobretudo pessoas, em situações cotidianas e da maneira mais espontânea: em seus afazeres domésticos, no trabalho, nas horas de lazer. Na década de 1940, Pierre chegou a Salvador, cidade que desejava conhecer desde que lera Jubiabá, de Jorge Amado, ainda na França. E foi na capital baiana que ele se estabeleceu até o fim de sua vida, dedicando-se às imagens e aos estudos da cultura africana. Em 1988, na casa onde morava, criou uma fundação destinada a preservar e divulgar sua obra, bem como destacar a importância das culturas africanas e afro-brasileiras. Escrito por Angela Lühning, pesquisadora que conviveu com o fotógrafo e hoje trabalha na Fundação Pierre Verger, este livro é uma oportunidade para que as crianças conheçam a obra de um estrangeiro que se apaixonou pelo Brasil, e que, com suas imagens e textos, nos fez ver um pouco mais o nosso país. Ilustrador: Maria Eugênia

Frete Grátis

Milhares Títulos com Entrega Gratuita Para Todo o Brasil.

Pagamento Seguro

Processados por Wirecard, Paypal Adotam Os Mais Rigorosos Padrões de Segurança.

Especializado

10 Anos de Atuação como Livraria e Sebo Oferecendo o Melhor a seus clientes.

footer js: /home/mega/public_html/application/views/default/books/js.phtml