Livro As Boas Relações entre Juízes e Advogados - Piero Calamandrei

5 Disponível em estoque

formato 11 x 17 cm . brochura. livro usado em bom estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas... \"As boas relações entre juízes e advogados” transcorre exatamente acerca das novidades que a Nova Lei Adjetiva traria para os italianos, mormente, os juristas em geral. Em suas páginas, o autexplica que o livro é baseado em um diálogo, já que este é todo em conversação, entre seis amigos da época de faculdade, dois advogados, dois juízes, um professuniversitário de Direito e um empresário. No final, já no derradeiro fechar das cortinas, aparece uma sétima personagem chamada de filósofo que escuta muito e pouco fala. Os advogados são chamados de “primeiro advogado” e “segundo advogado”, os juízes da mesma maneira, primeiro e segundo, o empresário é nomenclatura do como “ingênuo”, talvez pnada entender de processo e o professé reconhecido como “o teórico”, pois conhece muito de processo, mas apenas na teoria da sala de aula.

ISBN: 9788581830445


Código de Barras: 9788581830445


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor:Piero Calamandrei


Título: As Boas Relações entre Juízes e Advogados


Editora:Pillares


Edição: 1ª Edição


Ano: 2015


Assunto:Direito


Páginas: 159


Peso: 900 gramas


Conservação: Produto Usado



Descrição

formato 11 x 17 cm . brochura. livro usado em bom estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas... "As boas relações entre juízes e advogados” transcorre exatamente acerca das novidades que a Nova Lei Adjetiva traria para os italianos, mormente, os juristas em geral. Em suas páginas, o autexplica que o livro é baseado em um diálogo, já que este é todo em conversação, entre seis amigos da época de faculdade, dois advogados, dois juízes, um professuniversitário de Direito e um empresário. No final, já no derradeiro fechar das cortinas, aparece uma sétima personagem chamada de filósofo que escuta muito e pouco fala. Os advogados são chamados de “primeiro advogado” e “segundo advogado”, os juízes da mesma maneira, primeiro e segundo, o empresário é nomenclatura do como “ingênuo”, talvez pnada entender de processo e o professé reconhecido como “o teórico”, pois conhece muito de processo, mas apenas na teoria da sala de aula.