Livro A Luta pelo Direito - Rudolf von Ihenring

5 Disponível em estoque

formato 11 x 17 cm . brochura. livro usado em bom estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas... Para conceituar o que é direito, Rudolf pelo Direito fez-se a utilização do método de comparação, comparando o Estado que julga ser a via mais correta para se ter acesso ao Direito, sendo assim, conclui que o direito é a armadura, ou seja, o revestimento basilar para que o Estado se forme e se fortaleça, e vice e versa, pois não basta somente o fortalecimento do Estado sem contrapartida esquecer que o Direito não é a força original e sim o caminho para alcançá-la. O autestipula a diferença entre lei natural e lei jurídica. Define ainda que a lei natural se tornará posteriormente lei jurídica, pexistir a causalidade, que a princípio era uma conseqüência necessária que passa a ser uma conseqüência final, ou seja, existe o elo de ligação das idéias primárias, e diz mais que a lei jurídica é a exteriorização da lei natural, ou seja, a sua aplicabilidade.

ISBN: 9788589919692


Código de Barras: 9788589919692


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor:Rudolf von Ihenring


Título: A Luta pelo Direito


Editora:Pillares


Edição: 1ª Edição


Ano: 2009


Assunto:Direito


Páginas: 149


Peso: 900 gramas


Conservação: Produto Usado



Descrição

formato 11 x 17 cm . brochura. livro usado em bom estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas... Para conceituar o que é direito, Rudolf pelo Direito fez-se a utilização do método de comparação, comparando o Estado que julga ser a via mais correta para se ter acesso ao Direito, sendo assim, conclui que o direito é a armadura, ou seja, o revestimento basilar para que o Estado se forme e se fortaleça, e vice e versa, pois não basta somente o fortalecimento do Estado sem contrapartida esquecer que o Direito não é a força original e sim o caminho para alcançá-la. O autestipula a diferença entre lei natural e lei jurídica. Define ainda que a lei natural se tornará posteriormente lei jurídica, pexistir a causalidade, que a princípio era uma conseqüência necessária que passa a ser uma conseqüência final, ou seja, existe o elo de ligação das idéias primárias, e diz mais que a lei jurídica é a exteriorização da lei natural, ou seja, a sua aplicabilidade.