Livro A Guerra Não Declarada na Visão de Um Favelado - Carlos Eduardo Taddeo

A Guerra Não Declarada na Visão de Um Favelado
A Guerra Não Declarada na Visão de Um Favelado
A Guerra Não Declarada na Visão de Um Favelado
A Guerra Não Declarada na Visão de Um Favelado
A Guerra Não Declarada na Visão de Um Favelado
A Guerra Não Declarada na Visão de Um Favelado

formato 14 x 21 cm . brochura. A guerra não declarada na visão de um favelado” tem nada a ver com o Eduardo e isso foi um pequeno choque. Claro, quando um rapper escreve um livro em que se coloca como personagem principal, você espera que o RAP seja o principal tópico. Entretanto, esqueci de avisar às minhas expectativas que o Eduardo é muito mais que um rapper; Eduardo sempre usou o RAP como um meio para levar sua mensagem mais longe. O livro é exatamente isso! Eduardo utiliza o respeito conseguido no RAP para levar sua mensagem através do livro. Pode não haver um dado oficial, uma pesquisa sobre isso, mas garanto pra vocês que a maioria dos que compraram a publicação são fãs do Facção Central. O rapper, embora não fale sobre o gênero musical diretamente, acaba transformando o livro em uma grande compilação de suas letras ao retratar diversos dos problemas sociais das periferias já citados em seus trabalhos musicais. Eduardo fala com propriedade sobre uma gama enorme de problemáticas periféricas, como a educação, a saúde, o lazer, a violência, as drogas, a prostituição, a religião, e tantos outros. Se ele não tem os diplomas que muitos dos especialistas dos dias de hoje possuem, como ele ressalta muitas vezes no livro, o fato de ele estar nas ruas, nas periferias, e conhecê-las como poucos, o dá embasamento suficiente para debater tais questões. Loja 3 Estante 16 Gaveta 2

ISBN: 9788591404001


Código de Barras: 9788591404001


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor: Carlos Eduardo Taddeo


Título: A Guerra Não Declarada na Visão de Um Favelado


Editora: Do Autor


Edição: 1ª Edição


Ano: 2012


Assunto: Sociologia


Páginas: 616


Peso: 900 gramas


Conservação: Produto Usado



Descrição

formato 14 x 21 cm . brochura. A guerra não declarada na visão de um favelado” tem nada a ver com o Eduardo e isso foi um pequeno choque. Claro, quando um rapper escreve um livro em que se coloca como personagem principal, você espera que o RAP seja o principal tópico. Entretanto, esqueci de avisar às minhas expectativas que o Eduardo é muito mais que um rapper; Eduardo sempre usou o RAP como um meio para levar sua mensagem mais longe. O livro é exatamente isso! Eduardo utiliza o respeito conseguido no RAP para levar sua mensagem através do livro. Pode não haver um dado oficial, uma pesquisa sobre isso, mas garanto pra vocês que a maioria dos que compraram a publicação são fãs do Facção Central. O rapper, embora não fale sobre o gênero musical diretamente, acaba transformando o livro em uma grande compilação de suas letras ao retratar diversos dos problemas sociais das periferias já citados em seus trabalhos musicais. Eduardo fala com propriedade sobre uma gama enorme de problemáticas periféricas, como a educação, a saúde, o lazer, a violência, as drogas, a prostituição, a religião, e tantos outros. Se ele não tem os diplomas que muitos dos especialistas dos dias de hoje possuem, como ele ressalta muitas vezes no livro, o fato de ele estar nas ruas, nas periferias, e conhecê-las como poucos, o dá embasamento suficiente para debater tais questões. Loja 3 Estante 16 Gaveta 2

Frete Grátis

Milhares Títulos com Entrega Gratuita Para Todo o Brasil.

Pagamento Seguro

Processados por Wirecard, Paypal Adotam Os Mais Rigorosos Padrões de Segurança.

Especializado

10 Anos de Atuação como Livraria e Sebo Oferecendo o Melhor a seus clientes.