Livro Coleção Folha Grandes Museus do Mundo Volume 15 - Gemäldegalerie Berlim - Folha de S. Paulo

Coleção Folha Grandes Museus do Mundo Volume 15 - Gemäldegalerie Berlim

"A história da Gemäldegalerie, em Berlim, é similar a dos amantes que se perderam após uma catástrofe. Com obras-primas do século XIII ao XVIII, a Gemäldegalerie chegou a ter seu acervo divido em duas partes durante a Guerra Fria. Como grande parte dos museus europeus, a Gemäldegalerie teve início no século XVIII, sob os auspícios de um monarca, no caso Frederico, o Grande, rei da Prússia, O acervo, cuidado por diretores que amavam a arte, foi se enriquecendo com abras de mestres como Rembrandt e Caravaggio. Com o fim da 2ª Guerra Mundial, contudo, o museu, assim como a cidade de Berlim, foi dividido em dois: parte do seu acervo ficou na seção capitalista, parte na comunista. Apenas com a queda do muro de Berlim, suas obras passaram a conviver novamente, numa nova sede, em Potsdammer Platz, próximo de onde, um dia, um muro dividiu não só o acervo da Gemäldegalerie, como todo mundo." Formato 20 x 26 cm. Encadernado. Livro usado em bom estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas. Loja 1, Prédio

ISBN: 9788599896839


Código de Barras: 9788599896839


Origem: Nacional


Idioma: Português


Categoria: Livros


Autor: Folha de S. Paulo


Título: Coleção Folha Grandes Museus do Mundo Volume 15 - Gemäldegalerie Berlim


Editora: Folha


Edição: 1ª Edição


Ano: 2009


Assunto: Artes


Páginas: 120


Peso: 500 gramas


Conservação: Produto Usado



Descrição

"A história da Gemäldegalerie, em Berlim, é similar a dos amantes que se perderam após uma catástrofe. Com obras-primas do século XIII ao XVIII, a Gemäldegalerie chegou a ter seu acervo divido em duas partes durante a Guerra Fria. Como grande parte dos museus europeus, a Gemäldegalerie teve início no século XVIII, sob os auspícios de um monarca, no caso Frederico, o Grande, rei da Prússia, O acervo, cuidado por diretores que amavam a arte, foi se enriquecendo com abras de mestres como Rembrandt e Caravaggio. Com o fim da 2ª Guerra Mundial, contudo, o museu, assim como a cidade de Berlim, foi dividido em dois: parte do seu acervo ficou na seção capitalista, parte na comunista. Apenas com a queda do muro de Berlim, suas obras passaram a conviver novamente, numa nova sede, em Potsdammer Platz, próximo de onde, um dia, um muro dividiu não só o acervo da Gemäldegalerie, como todo mundo." Formato 20 x 26 cm. Encadernado. Livro usado em bom estado de conservação com as páginas amareladas devido ação do tempo leves desgastes nas bordas. Loja 1, Prédio

Frete Grátis

Milhares Títulos com Entrega Gratuita Para Todo o Brasil.

Pagamento Seguro

Processados por Wirecard, Paypal Adotam Os Mais Rigorosos Padrões de Segurança.

Especializado

10 Anos de Atuação como Livraria e Sebo Oferecendo o Melhor a seus clientes.

footer js: /home/mega/public_html/application/views/default/books/js.phtml